ABORTISMO
05/03/15
Aborto à Francesa
05/03/15
A Queda da Lua
23/02/15
Terceiro Esboço de uma FILOSOFIA DO CAOS
21/12/14
Invertendo a Igualdade
18/12/14
Desleitura Feminista em Christine de Pizan
01/12/14
ESTUPRISMO
18/11/14
Disputa Semântica
18/11/14
Por que VEJA odeia o PT?
06/11/14
Estuprando Números
11/09/14
rePensando o Feminismo
19/08/14

15/07/14
A Fundação do Feminismo
25/06/14
5.000% de Paranóia
10/05/14
Pensando nELA
25/04/14
Atacando uma Ficção
20/02/14
Estuprando a Justiça
03/03/14
Entendendo a MISANDRIA
18/02/14
Heroísmo: O Outro Lado da Masculinidade
18/02/14
Em Defesa do Patriarcado
03/02/14
Hipótese Benevolente Sobre A Cruzada Anti-Reprodutiva
31/12/13
A Cultura do ESTUPRO
28/11/13
O Estupro da CULTURA
28/11/13
Expressar ou Doutrinar?
26/09/13
Traindo o Movimento
27/08/13
Filosofia, Ideologia e Militância
23/08/13
Infeliciana Homofobia
17/08/13
As Ovelhas
e os Memes

13/08/13
Complexo de Paraíso Perdido
06/08/13
Financiamento Público de Campanha
12/07/13
Cavalheirismo é Sexismo?
10/07/13
Histórico de Textos Publicados

A

Q
U
E
D
A

D
A

L
U
A
2 0 1 5
5 de Março

Publico ABORTO À FRANCESA, um breve comentário a um depoimento que mostra o resultado, e verdadeiro resultado, do Abortismo. O texto foi publicado originalmente no Facebook em 26 de Janeiro.

E nesse mesmo ensejo, publico finalmente o texto ABORTISMO, que além de explicar o porque deste termo, seu significado enquanto ideologia, também serve de portal de acesso a todos os meus textos e comentários sobre o assunto.

4 de Março

Finalmente consegui publicar a sexta música da série dos Anjos Estelares. Agora metade do projeto original está disponibilizado no Sound Cloud.

Essa é a maior de todas 14 Minutos! Até por isso deu trabalho pra fazer o Upload. Começa como um power trash metal, lento, mas logo acelera mantendo-se rápida pela maior parte do tempo. Tem um enorme solo de piano que faz transição com as guitarras distorcidas, e uma reviravolta no final.

23 de Fevereiro

A publicação deste novo Conto de FC, A Queda da Lua, mostra que eu estava falando sério quando disse, em 15 de Julho ao publicar o GRIDVENCE, que não mais iria deixar a parte de Ficção Científica deste site desatualizada, ainda que eu não tenha como abandonar espinhosos temas polêmicos.

Esta estória ronda minha mente há anos, tendo todos os seus elementos principais definidos quase desde a primeira vez que a imaginei. Mas somente comecei de fato a escrevê-la no dia 8 deste mês, após chegar a conclusão que os elementos adicionais que queria acrescentar não eram necessários. Isto é, um maior detalhamento do processo da trama, com mais personagens e situações cotidianas que terminariam por transformá-la num livro. Optei por produzir uma estória sem nomes, com narrativa muito rápida onde anos se passam em poucos parágrafos, explicitando apenas os pontos fundamentais.

Claro que ela poderia ser recheada ao ponto de substanciar até um seriado de inúmeros capítulos, mas eu gostei do resultado final. Do modo como apenas os elementos decisivos são colocados ainda deixando em aberto elementos secundários que podem ser preenchidos com a imaginação do leitor. Ainda assim, são quase 70 mil caracteres, mais da metade do mínimo necessário para o que eu considero um livro, 120 mil.

Espero que gostem de mais essa visão em parte aterradora, em parte fascinante, conduzida por uma verve de ficção dramática, filosófica e catastrofista.

23 de Fevereiro 12:50

Tudo bem que a maior parte do povo não tem a menor capacidade, e muito menos interesse em tê-la, para se dar conta da pervertida armação por trás do escândalo da Petrobrás, por isso o banco JP Morgan não precisa ter tanto receio ao declarar É iminente que a Petrobras perca seu grau de investimento.

Mas juro que para quem está, aos poucos, tentando juntar as peças do quebra cabeça ( como o bom trabalho do colega Gregório Luiz Anaconi) fica até sem graça entregarem o esquema desse jeito!

Vejamos. O que são a Moody's Corporation e a Fitch Ratings? São duas integrantes da Santíssima Trindade das Empresas de Avaliação de Crédito que quantificam riscos e potenciais de retorno para investimento. Se elas disserem que uma empresa X vale a pena, o investidores aplicarão em massa nela, se disserem o contrário, os gestores da empresa já podem ir procurar anúncios de emprego nos classificados.

Mas a não ser para quem ainda acredite em Papai Noel, não é possível pensar que essas avaliações são perfeitamente honestas e bem intencionadas, invés de mais um braço manipulatório do poder financeiro global. O 3 vezes vencedor do prêmio Pulitzer Thomas Friedman, especialista em Comércio Internacional, declarou em 1996 que não sabia quem era mais poderoso, os EUA com seu poder militar de destruição (can destroy you by dropping bombs) ou a Moody's com seu poder de avaliação de títulos (can destroy you by downgrading your bonds).

E aí, ver um dos bancos mais poderosos do mundo, braço das dinastias dos Rockefeller e dos Morgans avisando que esses avaliadores irão logo logo lançar suas "bombas especulativas" em cima da Petrobrás, mas AO MESMO TEMPO admitir que os ativos da estatal continuam acima do mercado e que a mesma irá se recuperar, seria como entregar o maior Spoiler possível para um romance de mistério conspiracionista!

Ou seja. Vão derrubar o valor de mercado da Petrobrás especulativamente, provocando fuga de investimentos e jogando as ações ainda mais baixo do que já estão, enquanto os arquitetos por trás dessa patifaria toda as comprarão sabendo que irão hiper valorizar em pouco tempo! (Se bem que depois de um spoiler destes é até capaz de melar o esquema. Ou será isso parte de uma esquema maior?)

Enquanto isso, nossa mídia corrupta e um bando de facebookeiros idiotas ficam ajudando a fazer o trabalho sujo, com a diferença de que os primeiros ao menos são pagos para isso.

Sobre a Santíssima Trindade, praticamente controlam toda a avaliação de crédito do planeta, em especial a Moody's Corporation e a Standard & Poor's Financial Services LLC (S&P). Com a Fitch Ratings basicamente desempatando impasses entre as outras duas.

Entre outras pilantragens, eles avaliaram favoravelmente os Créditos em Subprime que resultariam na Crise de 2008.

22 de Fevereiro 09:53

'MEME' foi uma palavra criada pelo biólogo Richard Dawkins numa proposta de teoria da mente e do conhecimento fazendo analogia com a Genética e Teoria da Evolução, que depois resultaria na Memética, desenvolvida por outros pensadores.

Mas sabemos que na internet o termo pegou no sentido de pequenos anúncios, gráficos, piadas e informações em geral com capacidade de sintetizar uma ou mais idéias em poucas palavras e ou numa imagem. Outrora eu lamentei essa popularização do termo que parece só afastar a maioria das pessoas de querer se informar mais, similar ao que ocorre com o nome do programa Big Brother, que a maioria não faz a menor idéia do porquê se chama assim.

Mas hoje vejo que talvez essa significação seja mais ilustrativa do que eu pensava, pois é notório que uma quantidade enorme de internautas passou a literalmente pensar com base nessa tradição de memes. Na verdade a maioria.

Muitos nunca leram um livro ou ao menos um artigo sobre o assunto que se metem a comentar. Dificilmente leem sequer uma reportagem, frequentemente se mantendo somente no título, ou quando muito assistem um ou outro vídeo, ou as notícias dos telejornais. E quem não souber que existe uma inferioridade cognitiva abissal entre assistir um vídeo, mesmo um bom, e ler com profundidade um bom texto, não tem mesmo chance de entender coisa alguma. (A maioria delas não chegará até aqui!)

Assim, temos uma nova geração (muitos não são novos, apenas pegaram a tendência em idade mais avançada) cuja mentalidade, visão de mundo, mesmo a capacidade de pensar, é construída predominante ou inteiramente desses 'memes' que circulam na internet. Não apenas no sentido desses mais óbvios, mas também no sentido memético original, de "pacotes" mínimos de informação que podem ter qualquer conteúdo, verdadeiro ou falso, do genial ao completamente idiota, cuja ÚNICA característica obrigatória é sua capacidade de se auto replicar, usando as mentes humanas de forma análoga ao que os genes "usam" organismos biológicos.

A grande responsabilidade de quem se propõe a pensar é não ser apenas um vetor de transmissão de ideias, pensamentos, "memes" alheios. Não se deixar usar por estruturas meméticas, memeplexos, externas. Mas sim alguém capaz de interpretar o mundo a partir de seu próprio ponto de vista, e usar os dados que recebe para construir seus próprios pensamentos, produzir suas próprias ideias, segundo sua singularidade enquanto pessoa única.

Não que todos tenham obrigação de fazer isso num sentido intelectual. De modo algum! Não vejo qualquer problema em viver de modo desapegado de contendas e tenho até certa admiração por pessoas que ficam longe de debates e questões pretensamente "sérias", curtindo sua vida com bom humor e temas descontraídos. Há algo de um desapego "Zen" invejável nisso!

O problema são aqueles que se propõe a "agir" no universo do pensamento, a militar por causas, a divulgar ideias e arregimentar reforços para a linha partidária, política, ideológica, religiosa ou seja lá o que for que decidir endossar e pela qual pretende lutar. Essas pessoas NÃO TEM DIREITO À IGNORÂNCIA! SÃO CULPADAS por toda mentira e distorção que divulguem sem se dar ao trabalho de verificar. SÃO RESPONSÁVEIS pelas alienação, emburrecimento e pelos crimes praticados com base nas informações que repassam. NÃO SÃO INOCENTES OU INGÊNUAS!

Insistir em ser um divulgador de ideias consideradas relevantes, em ser ativista de uma causa sem se dar ao trabalho de se informar minimamente sobre o que propaga é Estupidez Voluntária, frequentemente merecendo ser tachada de Criminosa!

20 de Fevereiro

Pode ser um apoio apenas simbólico, mas ainda assim deve ser feito. Ricos Demais para a Cadeia? - Investiguem os cofres suíços agora! Assine.

16 de Fevereiro 13:52

Finalmente retomando tardiamente a série de Reflexões sobre o Feminismo.

16 de Fevereiro 02:52

Uma das promessas da Privatização era DIMINUIR a Dívida Pública, que no entanto ficou SEIS VEZES MAIOR! PRIVATIZAÇÃO DE NOVO EM QUESTÃO

Trecho do comentário do advogado Eloá dos Santos Cruz: "...enquanto o ministro GILMAR MENDES (relator) não interromper o mal disfarçado apoio ao ex-presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO - réu na quase totalidade das ações populares sobrestadas (suspensas) por ordem dele - não haverá resultado prático a favor da sociedade."

O interessante é que os ministros colocados pelo PT no STF praticamente só ferraram com o governo, a começar pelo Joaquim Barbosa. Mas o único de FHC que está lá até hoje é de uma Fidelidade Absoluta ao patrão! Não tem um pingo de escrúpulo de blindar aberta e escancaradamente contra todo e qualquer indício de ação que possa prejudicar o "Príncipe dos Sociólogos".

13 de Fevereiro

E-mail supostamente circulado na Rede Globo.

“Assunto: Tirar trecho que menciona FHC nos VTs sobre Lava a Jato

Atenção para a orientação

Sergio e Mazza: revisem os vts com atenção! Não vamos deixar ir ao ar nenhum com citação ao Fernando Henrique”.

A estratégia de Dilma para a guerra da comunicação: "virem-se"

12 de Fevereiro

Reflexões sobre JUPITER ASCENDING

1 - Legalzinho;

2 - Os ETs cansaram de New York? Agora Chicago é a bola da vez? (A julgar por Transformers 3 e 4.);

3 - Ninguém tem mira automática ou precisão de disparo nestes universos de ficção?! Porque uma penca de armas e naves tem que disparar um milhão de tiros e não acertar nenhum?!

4 - Apesar de ser literalmente uma estória de princesa, como o foi John Carter, mas neste caso ao estilo Cinderela, e assim ter um bom apelo ao público feminino, desta vez, diferente de Crepúsculo, Divergente ou Jogos Vorazes, deram uma tônica bem mais masculina para a ação. Que em muitos casos chega a ser excessiva, tal qual Matrix Reloaded;

5 - Quando será que Hollywood irá suspender o decreto que desde meados da década de 80 proibiu armas de raios na FC? (Só isentos os clássicos Star Wars e Star Trek, e em parte os filmes de Super Heróis da Marvel.) Será que num mundo com LASERs cada vez mais potentes e mais baratos vendidos pela internet esse pessoal ainda não se deu conta de que não demorará muito para serem mais viáveis e eficientes do que as velhas armas de fogo? Agora até no espaço tem que ser tudo na base da metralhadora! Já perceberam o quanto é estúpido disparar projéteis no espaço, ainda por cima com base em explosões? Tem bons motivos para todos os projetos militares de guerra espacial do mundo previrem o uso de LASERs;

6 - Aquela sequência estilo 'Brazil - O Filme' poderia ser completamente cortada com ganho de qualidade. Destoa por completo e depõe contra a própria premissa do poder da família Abrasax. Se era assim tão poderosa, como diabos teria que se submeter a tamanha humilhação na base de burrocratinhas corruptos? O por falar em famílias poderosas, vou para o último e mais importante ponto;

7 - Inegável ser uma analogia das Dinastias oligárgicas que de fato governam o mundo. A ideia de serem ocultas apesar de controlarem quase tudo, a própria afirmação literal de que "...as pessoas não querem saber a verdade." As constantes referências ao Capitalismo e ao lucro, bem como a exploração do trabalho, já denunciada logo no começo do filme pela rotina diária de Júpiter e sua família pobre. A referência, sutil, a clínicas de venda de óvulos e portanto a tecnificação e comercialização da reprodução. E sobretudo a idéia de um mundo inteiro vivendo apenas para sustentar os luxos de uma ínfima elite invisível e completamente imoral. Não tem como escapar da comparação com as "teorias conspiratórias" das dinastias dominantes. Que de conspiratórias não tem nada. É simples questão de se dar ao trabalho de examinar quem são os arquitetos e beneficiários maiores do sistema financeiro e bancário internacional, e quem foram os responsáveis pela crise de 2008 e que dobraram todo o congresso norte americano LITERALMENTE da noite pro dia para que o contribuinte pagasse o prejuízo da irresponsabilidade deles, com a qual ferraram o planeta inteiro e ainda saíram ABSOLUTAMENTE ILESOS! Intocados até mesmo pela mídia, de quem por sinal, são donos; (http://youtu.be/-Q0mfpvrFf4)

8 - Mas não deixa de ser interessante o poder visceral da mais antiga de todas as instituições sociais, que é a descendência familiar. Ora, o filme faz uma analogia com o fato de que se alguém da mais poderosa família do mundo por acaso tivesse um descendente com alguém pobre de algum lugar miserável, mesmo que essa criança fosse criada por completo afastada de sua linhagem nobre, ainda assim, se descoberta, teria direitos legais sobre a herança! Embora dificilmente numa dinastia bilionária de hoje ocorra esse vacilo, ainda é possível que uma pessoa paupérrima de algum buraco isolado do quarto mundo um dia se descubra legítima herdeira da maior fortuna do mundo e capaz de subitamente adentrar essa elite. Já imaginaram a força colossal dessa instituição social, e fenômeno biológico, que chamados Hereditariedade?

9 - De qualquer modo a similaridade com Matrix é óbvia. Nos dois casos temos uma humanidade ignorante do motivo de sua existência e para quem, ou o quê, serve. Mas nesse caso temos o fator interessante, e devo dizer inédito, que apesar da vastidão do universo além da Terra descoberto pela protagonista, todas aquelas imensas forças que se digladiam são humanas, totalmente humanas!

10 de Fevereiro 16:45

Diante da eleição de EDUARDO CUNHA para a presidência da CÂMARA DOS DEPUTADOS, vejo consolidada na sua forma mais evidente o quanto as Elites Financeiras já colocaram a Esquerda e a população em geral no bolso, conseguindo driblar com genial maestria os interesses da nação para satisfazer apenas os seus próprios, manipulando o povo e o Legislativo habilmente.

E para saber se é o seu caso estar nesse alienada condição, dê uma lida neste já antigo (2011) mas perfeitamente atual texto.

Agora veja se você percebe a mesmíssima manipulação nas próprias declarações de Eduardo Cunha de que não deixará que se vote:

1 - Regulação da Mídia e Financiamento Público de campanhas eleitoras;

2 - Aborto e Casamento Homossexual.

Os dois primeiros são de total interesse da população e total desinteresse das elites econômicas. Seria a quebra dos virtuais monopólios da Globo, SBT, Band etc, bem como daria um golpe severo no poder financeiro sobre a classe política, e contra a gênese primária da grande corrupção, que é o Financiamento Privado.

Mas a popularidade de Eduardos Cunhas, Bolsonaros, Marcos Felicianos, e evangélicos e conservadores em geral, NADA TEM A VER com a defesa desses interesses elitistas, e TUDO A VER com a aversão que a maioria da população tem contra essas bizarrices da Nova Esquerda, como Feminismo, Movimento LGBTT, Liberação de Drogas e principalmente ABORTISMO! Que praticamente substituíram a pauta daquela tradição política ideológica que deveria estar preocupada com direitos dos trabalhadores, combate a desigualdade e diminuição dos privilégios das Elites Milionárias.

E TODAS ESSAS PAUTAS de completo desinteresse da população FORAM CRIADAS E SÃO FINANCIADAS POR ESSAS MESMAS ELITES!!!

Ou seja. Aqueles que não suportam que os temas do Item 1 acima sejam votados, conseguiram corromper a esquerda financiando os temas do Item 2, para que contra elas a população se revolte e acabe votando em políticos que são contrários ao Item 2, mas acabarão votando também contra o Item 1!

Para ficar num único mas O MAIS relevante exemplo, temos a Rede GLOBO, que tem total ojeriza ao Item 1, e é ao mesmo tempo A MAIOR incentivadora dos temas do Item 2!

10 de Fevereiro 13:18

Alguém contesta essas afirmações do Guia para não pagar mico quando falar do preço da gasolina?


1 - 27% do preço da gasolina é o Imposto ICMS, de responsabilidade do governador do seu Estado. Portanto cobre dele. Fonte: Como São Formados os Preços da Gasolina?

2 - 6% referem-se a Impostos Federais, tais como CIDE, PIS e COFINS. Aqui você pode e deve cobrar do Governo Federal.

3 - Ao contrário do que dizem por aí, a gasolina do Brasil está longe de estar entre as mais caras do mundo. Após os recentes reajustes, a gasolina brasileira ocupa a posição 73 neste ranking. Fonte: Preços da Gasolina

4 - A gasolina brasileira já esteve entre as 20 mais caras do mundo em 2002. Fonte: Gasoline prices: Countries Compared

5 - O custo da matéria prima (petróleo) no preço da gasolina não chega a 20% no Brasil. Além disso, boa parte da matéria prima é nacional, não dependendo do preço do barril no mercado internacional. É por isso que quando o preço do barril subiu, o preço da gasolina brasileira não subiu. Pelo mesmo motivo, quando o preço do barril despencou, o preço da gasolina não acompanhou a queda.

6 - De 95 a 2002, o preço da gasolina teve reajuste de 350% em 8 anos. Média de 44% ao ano. De 2003 a 2015, a gasolina foi reajustada em 45%, média de 3.75% ao ano. Ou seja, o reajuste nos últimos 12 anos foi equivalente a média de 1 ano do período anterior.

7 - Em 1994, era possível comprar 127 litros de gasolina com um salário mínimo. 8 anos depois, em 2002, o poder de compra da gasolina diminuiu e era possível comprar 97 litros do combustível com o salário mínimo. Atualmente, após os reajustes, é possível comprar 220 litros com o mesmo salário mínimo.

Mas há uma confusão no item 3, pois dá a impressão que a gasolina no Brasil seria a septuagésima terceira mais cara, mas na verdade seria a 73a mais barata. Tem que contar ao contrário. Ela está entre as 58 mais caras.

Desde pouco antes de 2005 e da plena auto suficiência, o Brasil se imunizou contra as variações internacionais do preço do petróleo, objetivo que havia sido planejado, aliás, ainda no tempo da Ditadura. Curiosamente isso foi sistemática e absolutamente omitido por toda a mídia mesmo quando houve variações enormes no contexto internacional e a gasolina disparou praticamente no mundo todo, menos no Brasil, tentando esconder algo como "agora a gasolina não sobe mais por causa de coisas como guerra no Oriente Médio."

Pode até ser uma coisa contra o governo Lula, na época, mas acho que é bem mais uma coisa contra a Petrobrás.

3 de Fevereiro

Um colega de Facebook chamado Gregório Luiz Anaconi postou uma interessantíssima Reflexão sobre o caso da Petrobrás, que convém reproduzir aqui, com adaptações para otimizar os links.


Vou falar aqui um pouquinho sobre o que penso a respeito a corrupção na Petrobras, assunto que até hoje não tinha tocado.

Em 2007, o Brasil encontrou gigantescas reservas de petróleo (chamada pré-sal) em suas águas continentais. Sabemos que petróleo é o bem mais cobiçado por um império chamado Estados Unidos da América. (Petrobras descobre reserva gigante de petróleo; ações disparam 08/11/2007)

No entanto, o Brasil, como um país soberano, durante o governo Lula, resolveu ditar suas próprias regras a respeito de exploração e comercialização do óleo encontrado, dando total preferência a Petrobras, deixando praticamente de fora os interesses americanos. Estes reagiram seriamente e as petroleiras americanas disseram não concordar com as regras do pré-sal. (Petroleiras foram contra novas regras para pré-sal 13/12/2010)

Porém na época, o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, prometeu a petroleira dos Estados Unidos, Chevron, mudar as regras do pré-sal caso fosse eleito. Ou seja, o petróleo em uma eventual gestão dele, seria mais americano do que brasileiro. (Serra prometeu à Chevron mudar regras do pré-sal 08/02/2013)

No entanto, o que os EUA menos queriam aconteceu e, Dilma Rousseff foi eleita presidenta da República, mantendo as regras e fortalecendo o pré-sal. O que aconteceu então? Eles (os EUA), como de praxe, passaram a espionar a Petrobras. (Petrobras foi alvo de espionagem de agência dos EUA, aponta documento 08/09/2013)

Então começam as denúncias de corrupção, com um juiz (Sergio Moro) completamente ligado ao PSDB e a campanha no mercado financeiro para desmoralizar a empresa com as supostas perdas de valores. Como nesta notícia de 2014 a qual fala sobre a Petrobras ter perdido metade de seu valor na gestão Dilma. (Petrobrás perde mais da metade do valor no governo Dilma 30/09/2014)

E aí, investidores americanos, pra justificar a interferência daquele país nos nossos assuntos, entram com ação na Justiça contra a Petrobras. (Investidores entram com ação nos EUA contra a Petrobras 08/12/2014)

Porém, um megainvestidor bilionário americano chamado George Soros, na "contramão" dos demais, compra ações da "falida" Petrobras aos baldes. Será mesmo este senhor está louco? (Na contramão do mercado, Soros compra ações da Petrobras 19/12/2014)

Os Estados Unidos continuam sua investida de interferência, quando uma cidade daquele país resolve processar a presidenta da estatal Graça Foster. (Cidade americana de Providence entra com ação coletiva contra Petrobras e Graça Foster nos EUA 25/12/2014)

Claro, que os Estados Unidos e petroleiras americanas ficaram "fudidos" com a reeleição de Dilma, então eles veem através do caso Petrobras uma maneira de ocorrer o impeachment de nossa governante e, assim, seus interesses serem contemplados. Como mostra na notícia abaixo: (Há elementos jurídicos para admissão de impeachment de Dilma, diz Ives Gandra 02/02/2015)

E há apenas quatro horas, o ex-ministro da Fazenda do PSDB alega a privatização da Petrobras ser o melhor a ocorrer. (Privatização da Petrobras seria melhor, mas população não aceitaria, diz Maílson 03/02/2015)

Está tudo aí o que penso sobre este caso.


Janeiro de 2015

D E Z E M B R O de 2 0 1 4
Novembro de 2014
Outubro de 2014
Setembro de 2014
Agosto de 2014
Julho de 2014
Junho de 2014
Maio de 2014
Abril de 2014
Março de 2014
Fevereiro de 2014
Janeiro de 2014

D E Z E M B R O de 2 0 1 3
Novembro de 2013
Outubro de 2013
Setembro de 2013
Agosto de 2013
Julho de 2013
MARÇO À Junho de 2013
Fevereiro de 2013
Janeiro de 2013

D E Z E M B R O de 2 0 1 2
Novembro de 2012
Outubro de 2012
Setembro de 2012
Agosto de 2012
Julho de 2012
Junho de 2012
Maio de 2012
Abril de 2012
Março de 2012
Fevereiro de 2012
Janeiro de 2012

N O V E M B R O e D E Z E M B R O de 2 0 1 1
Setembro e Outubro de 2011
Julho e Agosto de 2011
Abril a Junho de 2011
Março de 2011
Fevereiro de 2011
Janeiro de 2011

D E Z E M B R O de 2 0 1 0
Novembro de 2010
Outubro de 2010
Setembro de 2010
Agosto de 2010
Julho de 2010
Junho de 2010
Maio de 2010
Abril de 2010
Janeiro a Março de 2010

D E Z E M B R O de 2 0 0 9
Novembro de 2009
Outubro de 2009
Setembro de 2009
Agosto de 2009
Julho de 2009
Junho de 2009
Maio de 2009
Março e Abril de 2009
Fevereiro de 2009
Janeiro de 2009

N O V E M B R O e D E Z E M B R O de 2 0 0 8
Outubro de 2008
Setembro de 2008
Agosto de 2008
Julho de 2008
Junho de 2008
Maio de 2008
Abril de 2008
Março de 2008
Janeiro e Fevereiro de 2008

D E Z E M B R O de 2 0 0 7
Novembro de 2007
Setembro e Outubro de 2007
Julho e Agosto de 2007
Maio e Junho de 2007
Março e Abril de 2007
Janeiro e Fevereiro de 2007

O U T U B R O, N O V E M B R O e D E Z E M B R O de 2 0 0 6
Setembro de 2006
Agosto de 2006
Julho de 2006
Maio e Junho de 2006
Abril de 2006
Março de 2006
Janeiro e Fevereiro de 2006

N O V E M B R O e D E Z E M B R O de 2 0 0 5
Setembro e Outubro de 2005
Junho a Agosto de 2005
Maio de 2005
Março e Abril de 2005
Fevereiro de 2005
Janeiro de 2005

D E Z E M B R O de 2 0 0 4
Novembro de 2004
Outubro de 2004
Setembro de 2004
Agosto de 2004