Textos Mais Recentes


2 0 2 2


Compilação de todos os posts sobre a série em página única e personalizada.

O Futuro da Religião e a Religião do Futuro
03/02/2022

2 0 2 0

O Extermínio
do Futuro

30/01/2020

2 0 1 8

Existe um Imperialismo Oriental?
12 / 2018

VAMPEL II

Matrimonium Lamia Nocts

21/03/2018

2 0 1 7

inCompetência e Presciência da Vara de Curitiba
16/09/2017
Gladium Volantis
10/08/2017
VAMPEL
Vocationem Lamia Noctis

23/06/2017
ABISMO NEGRO
Um Clássico da FC

02/06/2017
Feminismo "Benevolente" e Feminismo Radical
15/02/2017
Homens e Aborto
09/02/2017
Globalização, Globalismo e Globismo
24/01/2017


2 0 1 6

Feminismo Neo Pentecostal 01/11/2016
O Feminismo Desvirtuando as Instituições
22/09/2016
Os Titereiros do Capital e suas Marionetes de Esquerda
24/08/2016
A Guerra Contra a Reprodução
03/08/2016
A Família em Desconstrução Linguística
22/07/2016
Muita Sandice numa Burrice Só
18/07/2016
As Águas Sujas da Privatização
30/06/2016
Do Pré-Sal ao Impeachment
O Maravilhoso Mundo das Coincidências Fabulosas

28/06/2016
OBLIVION
Obra-Prima da FC

18/06/2016
O Estupro Coletivo da Consciência Social
14/06/2016
Os 300 da Suécia
26/05/2016
À Espera de
Um Milagre
(econômico)

21/05/2016
2 0 1 5

5 Bobagens Planetárias da FC 26/11/2015
Sensual Kombat
08/11/2015
TELLUS
X
THALASSA

15/07/2015
QUARTO Esboço de uma FILOSOFIA DO CAOS
28/06/2015
A Verdade Sobre Margareth Sanger
Ela NÃO Era Abortista!

28/06/2015
A Dignidade Humana Entre A Esquerda e A Direita
19/06/2015
Pode o Feminismo Não Ser Misândrico?
09/06/2015
Mad Max
Fury Feminist?

28/05/2015
Batalhas Espaciais II
26/04/2015
ABORTISMO
05/03/2015
Aborto à Francesa
05/03/2015
A Queda da Lua
23/02/2015

2 0 1 4

3o Esboço de uma FILOSOFIA DO CAOS
21/12/2014
Invertendo a Igualdade
18/12/2014
Desleitura Feminista em Christine de Pizan
01/12/2014
ESTUPRISMO
18/11/2014
Disputa Semântica
18/11/2014
Por que VEJA odeia o PT?
06/11/2014
Estuprando Números
11/09/2014
rePensando o Feminismo
19/08/2014
GRIDVENCE
15/07/2014
A Fundação do Feminismo
25/06/2014
5.000% de Paranóia
10/05/2014
Pensando nELA
25/04/2014
Atacando uma Ficção
20/04/2014
Estuprando a Justiça
03/03/2014
Entendendo a MISANDRIA
18/02/2014
Heroísmo: O Outro Lado da Masculinidade
18/02/2014
Em Defesa do Patriarcado
03/02/2014

2 0 1 3

Hipótese Benevolente à Cruzada Anti-Reprodutiva
31/12/2013
A Cultura do ESTUPRO
28/11/2013
O Estupro da CULTURA
28/11/2013
Expressar ou Doutrinar?
26/09/2013
Traindo o Movimento
27/08/2013
Filosofia, Ideologia e Militância
26/08/2013
Infeliciana Homofobia
17/08/2013
As Ovelhas e os Memes
13/08/2013
Complexo de Paraíso Perdido
06/08/2013
Financiamento Público de Campanha
12/07/2013
Cavalheirismo é Sexismo?
10/07/2013
'DeZrazões' Para Liberar as Drogas
11/05/2013
Meta-Teoria da Conspiração
11/05/2013
O Fantasma de CHE
11/05/2013
Revolução Digital
11/05/2013
VEJA - Um Tiro na Cabeça
11/05/2013
Da ESQUERDA para TRÁS
02/04/2013
A Cara do BRASIL
15/03/2013
HIPERGAMIA - Fundamentação
02/02/2013

2 0 1 2

GenoGênese
21/12/2012
Simbolismo do Aborto
16/11/2012
O Argumento Decisivo
16/11/2012
Aborto Repensado
16/11/2012
Em Defesa do Estado
03/10/2012
Reflexões Mentalistas - Virtualidade Real
30/09/2012
2o Esboço de uma Filosofia do CAOS
04/07/2012
Hipergamia 2.5 Adendo - 1 Ídolos
03/07/2012
O Escudo do Capitão América
13/06/2012
MARX X Marxismo
01/06/2012
Da ESQUERDA para BAIXO
13/05/2012
GINOTOPIA - Hipergamia V
03/05/2012
Lesbianismo
03/05/2012
Estado X Indivíduo
04/03/2012
Das Indestrutíveis Idéias
04/03/2012
A Revolta dos Titãs
09/02/2012
1o Esboço de uma Filosofia do CAOS
30/01/2012
Hora, Data, Temperatura
26/01/2012
Ateísmo e Relativismo
21/01/2012

2 0 1 1

Religião Musical
26/11/2011
Calendários Alternativos
22/11/2011
Vôos, e Quedas, Ideológicos
10/11/2011
Horário de Verão no Brasil
07/11/2011
Hipergamia
Introdução

27/09/2011
Hipergamia IV
Atração Sublimada

27/09/2011
Hipergamia III
Atração Social

19/09/2011
Hipergamia II
Atração Imoral

11/09/2011
Hipergamia I
Atração Fatal

08/09/2011
Pornografia e Machismo
25/08/2011
Viagens Espaciais
18/06/2011
Teletransporte
18/06/2011
Viagem no Tempo e Paradoxo Temporal (Finalizado)
14/06/2011
Heróis de ESQUERDA
X
Heróis de DIREITA

10/03/2011
ZUMBIS à Esquerda, VAMPIROS à Direita
10/03/2011
RY-5
10/03/2011
Crônica de GRADIVIND
26/11/2011
Eu Sou A Lenda
25/11/2011

Histórico de Textos Publicados

2 0 2 2

29 de Setembro (YouTube)

É com prazer que admito novamente ter errado com relação a minha má expectativa gerada com o 1° episódio da nova série Star Wars da Disney, ANDOR. Embora seja ainda bom frisar uma certa inépcia no pouco inspirado início, a série não apenas melhorou no 2° e ficou realmente boa no 3°, mas ainda por cima, no 4°, traz uma experiência formidável para qualquer fã deste universo de fantasia travestido de Ficção Científica. Mesmo sem ação, os elementos explorados neste último episódio são um deleite visual e sobretudo uma imersão profunda numa dimensão mais mundana do universo Star Wars, tanto nos bastidores de organizações do Império, da resistência, e mesmo do dia a dia de pessoas comuns nos subúrbios de Coruscant.

A volta da personagem da Mon Mothma, uma das ÚNICAS duas outras mulheres com falas além de Leia Organa na trilogia original, consegue aliar nostalgia com novidade numa mescla surpreendente, e mesmo os aborrecimentos de sua vida conjugal terminam sendo incrivelmente envolventes, embora isso se deva em grande parte à estupenda direção de arte que criou ambientes internos do tipo que você fica com vontade de morar dentro para o resto da vida!

A capital da Galáxia nunca foi exposta de forma tão profunda em Live Action quanto neste 4° Episódio de Andor, sem contar uma série de participações especiais, novos personagens e elementos intrigantes.

Difícil não se empolgar depois disso, nos fazendo lembrar que a série é, de fato, obra dos mesmos produtores do excelente Rogue One, que sozinho supera em muito toda a nova trilogia da Disney e Han Solo juntos. Se bem que isso nem é grande coisa. Mas conseguir empolgar quase tanto, ainda que de modo distinto, quanto The Mandalorian... isso sim, é uma façanha!

28 de Setembro (YouTube)

Dúvidas de que sejam canalhas desprezíveis?

JONES MANOEL:Panfleto de Sérgio Moro pede votos para Jair Bolsonaro. Nunca foi sobre "luta contra corrupção". Sempre foi uma aliança de marginais de toga e marginais de farda contra a nossa soberania nacional e o povo trabalhador.


27 de Setembro (VK)

Maravilhosas "circunscrições" dos 5 poliedros regulares.


24 de Setembro (YouTube / VK)

Recomendo muito o canal da economista Ju Furno, mas este vídeo aqui em especial é obrigatório. Ela basicamente destrói, tijolo por tijolo, uma das maiores patifarias de "alto nível" (pelos padrões liberais, claro) disponível na internet. O patife liberal coach financista finge imparcialidade ao comparar o desempenho econômico dos governos Lula e Bolsonaro, mas manipula sordidamente os dados para fazer de conta que o seu queridinho BolsoGuedes seja algo que mereça algum respeito.

Você nem precisa ver o vídeo do farsante, que desgraçadamente, já conta um 1,5 milhão de views, enquanto a excelente crítica da Juliana Furno só tem 13 mil, mas já é bem melhor do que eu, que graças a ela, não terei que fazer eu mesmo um react. E não precisa porque ela só corta as propagandas e as enrolações antes e depois do assunto propriamente dito, embora pare um pouquinho antes do final num tópico que... só parando mesmo!

Até tenho pouco a acrescentar, mas vale lembrar que ao mesmo tempo em que compara PIB, mas tenta mitigar o crescimento do governo Lula fazendo uma comparação esdrúxula com o crescimento da China, muito bem detonada pela Ju Furno, o sujeito omite: PIB per capita, salário mínimo, IDG, Gini, paridade de poder de compra, dólar, gasolina e praticamente tudo o que realmente interessa, explorando muito o desemprego cujos critérios mudaram para pior após Temer, falsificando a realidade, usando a cartada da pandemia, da vigarice "pib privado x pib público" do embusteiro do Guedes, comparando índices do BOVESPA... isso mesmo! O cara acha que isso é relevante para alguém além da panelinha da Faria Lima, e... oh céus..."liberdade econômica!"

Você pode até ficar com raiva de mim agora, visto que te fiz perder tempo considerando assistir, ainda que via react, um vídeo de alguém que leva essa pataquada a sério! Mas uma coisa eu te garanto, é pior! A parte em que ele compara empregados que estão na área pública com os que estão na privada, é de uma canalhice transcendental!


23 de Setembro (YouTube)

Assistindo aos demais episódios de ANDOR, devo "dar o braço a torcer". O 1° episódio realmente é arrastado, desanimador, totalmente despido de qualquer dimensão épica e heroica como é típico de Star Wars. Mas a proposta da série de fato era ser mais mundana, focada na rotina de pessoas comuns e num pano de fundo burocrático de uma corporação privada de segurança. O 2° episódio melhora a construção da ambientação mundana, mas já dá um senso de perigo mais interessante, além de aparições de atores de maior renome e uma também melhora nos flashbacks, que bem poderia ser uma ótima forma de iniciar a estória se fosse a única linha narrativa.

Mas é o 3° episódio que dignifica os anteriores. O clímax eclode de forma orgânica e intensa, com sequências de ação críveis, sem aquele clichê de "herói que derruba dezenas de inimigos que não acertam um tiro". O senso de perigo funciona e a solução para o desfecho é verossímil, e talvez o mais interessante, sem o típico maniqueísmo Star Wars, mostrando também de forma dramática e quase comovente o lado dos antagonistas. (O Império ainda não apareceu.)

Fosse um filme único, os três primeiros episódios de Andor seria do tipo que começa lento e arrastado, mas aos poucos vai conquistando o espectador e por fim termina sendo recompensador.

22 de Setembro (YouTube)

Com ANDOR, a nova série da Disney, parece que STAR WARS realmente está sendo levada onde jamais esteve antes, para o extremamente necessário ramo do combate à insônia.

21 de Setembro (YouTube)

Até agora, mais ou menos 1 hora, estou bem decepcionado com a entrevista do Platinho no programa do Monark (lá no Rumble). Fico com a impressão que o Rodrigo meio que se rebaixa pra não ofuscar o anfitrião, que só é bom mesmo em repetir frases feitas. Disse algumas coisas interessantes, mas nada compensa seu completo desconhecimento do sistema judicial brasileiro e legislativo brasileiro ficando nesse caso na condição de um "aprendiz" do Monark que só fala merda! Grotesco ver o Platinho ignorar o mínimo sobre todo o ocorrido e ouvir o Monark dizer que Lula não é tecnicamente inocente segundo a ordem jurídica, com uma demonstração constrangedora do envolvimento do STF no processo. Sem contar os fatos básicos: NÃO! Lula não foi condenado em três instâncias! Só em duas! O processo nunca chegou na terceira, que é o STF, ou o STJ. O que o STF fez foi julgar como válido um ação alegando vício de origem.

20 de Setembro (VK)

Bolsonaro não só jamais foi um
"governo sem corrupção",
como na realidade é
"A CORRUPÇÃO SEM GOVERNO!"

12 de Setembro (YouTube / VK)

Este tweet, de um perfil oficial do governo chinês, é mais enigmático do que parece à primeira vista!


8 de Setembro (VK)

Texto por Raphael Machado Via Nova Resistência - Telegram

Me recordo que quando da vitória (suspeita) de Joe Biden sobre Trump os "especialistas" e jornalistas ao redor do mundo comentaram que era a morte do populismo, e o retorno à "normalidade" política. Miopia curiosa já que a tendência política populista do século XXI não nasceu com Trump. Era uma análise imbecil na época e hoje ninguém mais diz isso, claro.

Pouco mais de 2 anos depois e fica claro que a ascensão do populismo não é um mero "movimento de protesto" como votar no Macaco Tião ou qualquer uma dessas outras comparações idiotas que já vi sendo feitas. O trumpismo sobreviverá a Trump, no Brasil o conservadorismo sobreviverá a Bolsonaro, o mesmo vale para todos os outros países.

Putin está cada vez mais popular. Orban segue invicto. Maduro consegue estabilizar seu país. Lukashenko nunca esteve tão alinhado com a multipolaridade. Erdogan segue projetando sua estratégia. Assad permanece firme. Pedro Castillo ascendeu no Peru. Os militares retornaram em Burma. Goita governa no Mali. Tudo segue como de costume na Coreia do Norte e na China.

A derrota de Le Pen nas presidenciais conduziu a uma vitória inédita nas legislativas. E outras vitórias vêm. Na Itália, tudo indica que Meloni vai levar. Na Bulgária também vemos as mesmas tendências, e o crescimento dos democratas suecos segue constante.

A isso devemos somar movimentos puramente populares e massificados, começando pelos Coletes Amarelos na França, mas se estendendo aos caminhoneiros canadenses e aos agricultores holandeses e italianos e, agora, a população em geral da República Tcheca, Alemanha e vários outros países.

No caso dos movimentos populares é espantoso ver como a esquerda em geral reagiu com virulência histérica. Legítimos representantes do proletariado e do campesinato, espremidos pelos desmandos do mais radical turbocapitalismo, são chamados de fascistas e comparados aos nazistas do início do século XX. Sua crítica do imperialismo e do globalismo é alvo do deboche da esquerda arco-íris.

No âmbito teórico, a ruptura entre democracia e liberalismo é total. Emergem desenvolvimentos intelectuais abordando conceitos como o de democracia iliberal, cesarismo, democracia plebiscitária, neorrepublicanismo, etc., para oferecer fundamentos mais puros e autênticos para uma democracia desobrigada em relação aos fantasmas do neoiluminismo.

Em vários países, antiliberais de esquerda, direita e centro começam a se entender e dialogar ao reconhecer o inimigo prioritário nos liberal-globalistas de todas as orientações. O povo começa a exigir protagonismo real na política. O horizonte é luminoso, apesar da desesperança que se abate sobre muitos por conta da espiral de insanidade do progressismo pós-moderno.

Nesse futuro brilhante, não haverá espaço para os Macrons, os Clintons, os Soros, ou suas versões tupiniquins como encontramos na Juristocracia, no PSOL e adjacências.

6 de Setembro (YouTube / VK)

Marcia Tiburra Tiburi não perde oportunidade de expressar sua ignorância em tudo que importa, e provavelmente não irá aprender nem com a horda de bolsonaristas invadindo seu post pra deixar claríssimo o quanto ignora o fato de que a maioria das pessoas, especialmente neoconservadores, JAMAIS se importaram com corrupção em si, só ostentam hipocrisia para apontá-la em seus adversários.

Bolsonaro NADA irá perder com isso! Se seu eleitorado tivesse um mínimo de dignidade, moral ou intelectual, já o teria abandonado ainda ANTES da pandemia.


5 de Setembro (YouTube / VK)

O sombrio discurso de Biden, num cenário incomumente escuro e avermelhado, para falar da ameaça à alma dos EUA, da ameaça de Donald Trump, da ameaça à vontade popular, a mesma vontade popular que é diariamente pisoteada pelo gasto numa guerra sem sentido que lança o próprio povo numa inflação desmedida.

Difícil resistir à tentação de ver uma "semiótica satânica" quando um presidente se apresenta desse jeito para efetuar um discurso que parece antecipar uma guerra civil, não bastasse se engajarem em várias guerras pelo mundo, ao mesmo tempo que fala em repudiar a violência política que, naturalmente, só pode ser contida por... violência política.


5 de Setembro (YouTube)

Homem Aranha - Sem Volta Para Casa, um filme NÃO-lacrador da Marvel, não só fez um sucesso estrondoso mundo afora arrecadando quase U$ 2 Bilhões, como ainda terá agora uma versão estendida lançada nos cinemas! Enquanto isso, o feministíssimo Thor Love & Thunder está em promoção (meia entrada pra todos) no Cinemark, tendo arrecadado bem menos, U$ 750M, além de ter custado mais caro. Não vai nem superar a desgraça do Thor Ragnarok. Recados do público não faltam. Até quando, e até quanto dinheiro, estão dispostos a torrar nessa pauta ideológica?

Estou oficialmente rompendo com o Facebook! Esta rede antissocial tornou-se intolerável com sua censura hipócrita, seus critérios obscuros, seu alinhamento ideológico sórdido e sua persinstente incompetância técnica. Concentro-me agora ainda mais no YouTube, e posteriormente detalharei mais minha decisão.

Agosto de 2022







































2022

Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2021

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2020

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2019

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2018

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2017

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2016

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2015

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2014

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2013

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Março à Junho
Fevereiro
Janeiro

2012

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro

2011

Novembro e Dezembro
Setembro e Outubro
Julho e Agosto
Abril a Junho
Março
Fevereiro
Janeiro

2010

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Janeiro a Março

2009

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Março e Abril
Fevereiro
Janeiro

2008

Novembro e Dezembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Janeiro e Fevereiro

2007

Dezembro
Novembro
Setembro e Outubro
Julho e Agosto
Maio e Junho
Março e Abril
Janeiro e Fevereiro

2006

Outubro, Novembro e Dezembro
Setembro
Agosto
Julho
Maio e Junho
Abril
Março
Janeiro e Fevereiro

2005

Novembro e Dezembro
Setembro e Outubro
Junho a Agosto
Maio
Março e Abril
Fevereiro
Janeiro

2004

Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto